Esportes

Após vice em 2016, Flomena Cheyech aperta os passos e vence a São Silvestre em 2017

Fotos: Marcos Ribolli --

O início da disputa feminina poderia propor que a briga seria apertada. Até os primeiros cinco quilômetros de prova, um grupo grande mantinha a liderança. Mas, na metade da prova, a queniana Flomena Cheyech apertou os passos e começou construir sua vitória na Corrida de São Silvestre disputada neste domingo (31). Depois de ser vice em 2016, desta vez, Flomena não quis perder a chance de subir no alto do pódio e foi se distanciando cada vez mais das rivais até cruzar a linha de chegada em 1º com larga vantagem, em 50m18s.
“Estou feliz. A prova foi muito boa. Corri sozinha, mas não foi fácil. Eu treinei muito no Quênia. Ano passado eu fiquei um pouco insegura, e por isso fiquei em segundo lugar. Neste ano estava mais bem treinada e fui confiante”, disse Flomena.
As 2ª e 3ª colocadas, Sintayehu Hailemichael e Birhane Dibaba, as duas da Etiópia, chegaram quase juntas, em 50m55s e 50m77s.
O Brasil ficou longe do pódio no masculino e no feminino. A melhor colocação foi o 10º lugar de Joziane Cardoso. No masculino, o brasileiro mais bem colocado foi Ederson Vilela, em 11º lugar. O último do país a vencer foi Marilson Gomes dos Santos, em 2010. No feminino, Lucélia Peres foi a última brasileira campeã, em 2006, ano que teve dobradinha dos anfitriões com Franck Caldeira.

Globo Esporte

Após vice em 2016, Flomena Cheyech aperta os passos e vence a São Silvestre em 2017

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail.

Copyright © 2017 O Presente, powered by Wordpress.

Para o alto!