Marechal

Sicoob Marechal projeta 2018 de crescimento

O Presente

No ano em que completa 13 anos em Marechal Cândido Rondon, a cooperativa de crédito Sicoob concretiza importante projeto de expansão para a instituição financeira. O grande projeto para 2018 e 2019 é, além da construção do novo Ponto de Atendimento (PA), a reforma da sede administrativa da organização.

Com a obra lançada ofi cialmente no fi m de novembro deste ano, o novo prédio do Sicoob Marechal, localizado na Rua Dom Pedro I, já ganha forma. O presidente do Conselho de Administração do Sicoob Marechal, Luciano Cremonese, adianta que, apesar do contrato de construção com o proprietário ter sido firmado para 18 meses, culminando em agosto de 2019, pelo andamento da edificação, o prédio deverá ser entregue já no primeiro semestre do próximo ano. “Pelo modo que está sendo construído, pela técnica utilizada, acreditamos que ainda no primeiro semestre iremos inaugurar. A data exata, contudo, saberemos apenas assim que a obra civil estiver pronta e for entregue, o que deve ocorrer possivelmente em fevereiro”, destaca.

Após a entrega do prédio, o Sicoob fará a finalização da obra, com os detalhes internos. “Assim que recebermos acredito que em no máximo um mês faremos a inauguração”, prevê Cremonese.

MUDANÇAS

Além da agência-sede, localizada na Rua Dom João VI, o Sicoob Marechal conta com outro Ponto de Atendimento no município, na Avenida Maripá, próximo ao Supermercado Copagril, além dos PAs de Quatro Pontes e Nova Santa Rosa.

Com a construção do novo prédio, o presidente do Conselho de Administração explica que, na prática, a grande mudança será para o setor de controladoria. “Hoje este setor está junto com a sede e não tem muito espaço. Nós precisamos melhorar isso e reformar a agência sede para garantir melhor mobilidade e mais conforto”, pontua.

Ele ressalta que com a abertura do novo PA a contabilidade e a controladoria sairão da sede, bem como alguns outros setores, o que permitirá realizar posteriormente a reforma na agência da Rua Dom João VI de forma mais adequada. “A sede, o PA 01, continuará sendo na Rua Dom João VI”, comenta.

O Ponto de Atendimento da Rua Dom Pedro I, expõe, terá algumas novidades, como sala de reuniões e miniauditório, ambientes que hoje não existem e são necessários para a realização de reuniões do conselho e outras atividades da organização. “Algumas pessoas serão promovidas da sede para a nova agência e serão necessários novos colaboradores, como vigilantes, zeladores e pessoas para o atendimento. Já no setor de contabilidade e controladoria, a princípio, o quadro está completo”, adianta.

A cooperativa, que começou com seis funcionários e hoje conta com mais de 40, de acordo com Cremonese, também trabalha no sentido de manter o bem-estar dos colaboradores. “É uma instituição diferente porque levamos como se fosse uma empresa de cada um e isso faz com que todos trabalhem de maneira mais apaixonada”, enfatiza.

Leia a matéria completa na edição impressa deste sábado (30) em O Presente.

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail.

Copyright © 2017 O Presente, powered by Wordpress.

Para o alto!