Paraná

Cresce número de apreensões de mercadorias contrabandeadas no Paraná

A Receita Federal no Paraná divulgou o balanço de 2017 e um dos números que mais chama atenção é o de apreensão de mercadorias contrabandeadas, que subiu 27%, chegando a R$ 550 milhões em produtos ilegais. No ano anterior, foram barrados no estado cerca de R$ 432 milhões, vindos principalmente do Paraguai.

O valor apreendido no Paraná representa quase um quarto da quantidade apreendida no país, durante o ano passado.

Na lista dos produtos com mais apreensões, o cigarro é o líder, com 57%, o que representa cerca de R$ 311 milhões, em segundo aparece os veículos nos quais as mercadorias são transportadas, seguidos pelos eletrônicos e equipamentos de informática.

Durante 2017, foram realizadas 1,2 mil operações de repressão ao contrabando, ao descaminho e à pirataria em regiões estratégicas do Paraná, como Foz do Iguaçu e Guaíra, os agentes da Receita também interceptaram mais de 9 toneladas de drogas, 57% a mais que em 2016.

Além dos produtos, foram realizadas 1.246 operações de repressão aos ilícitos aduaneiros, que resultaram em 507 prisões em flagrante por contrabando e descaminho.


Apreensões de mercadorias no Paraná

Mercadorias Valores em R$ Participação % Variação % em
2016 2017 no total de 2017 relação a 2016
Informática 6.799.475 9.727.142 2% 43%
Eletrônicos 14.004.694 22.142.384 4% 58%
Brinquedos 2.352.986 4.949.917 1% 110%
Bebidas 1.208.928 2.078.531 0% 72%
Cigarros 214.715.712 311.228.854 57% 45%
Outros 163.000.659 165.114.227 30% 1%
Veículos 28.745.936 34.239.395 6% 19%
TOTAL 431.828.390 549.480.451 100% 100%
Cresce número de apreensões de mercadorias contrabandeadas no Paraná

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail.

Copyright © 2017 O Presente, powered by Wordpress.

Para o alto!