Policial

Feriado de Ano Novo: 11 feridos e uma morte nas estradas federais da região

Divulgação

A meia-noite desta segunda-feira (01) terminou a Operação Ano Novo que teve início às 00h00 de sexta-feira (29) e faz parte da Operação Rodovida 2017/2018.

Durante quatro dias a PRF de Cascavel fiscalizou principalmente o uso do cinto de segurança, ultrapassagens indevidas, fiscalização do excesso de velocidade e combate a direção sob influência de álcool.

Foram registrados 11 acidentes, com 11 pessoas feridas e 01 óbito. Na operação Ano Novo de 2016, foram registrados 14 acidentes, com 25 feridos e 06 óbitos.

Acidente com óbito

Foi registrado um acidente com óbito durante os 04 dias da Operação. O acidente ocorreu na BR 163, na região de Santa Lúcia no Km 154, na tarde de sexta-feira (29), entre dois caminhões, um deles transitava na faixa de trânsito do outro quando ocorreu a colisão frontal. O motorista de um dos caminhões, um homem de 48 anos, morreu no local do acidente. O local era uma curva e no momento do acidente chovia.

Combate à direção sob influência de Álcool

Durante a operação diversos condutores foram submetidos ao teste de etilômetro, sendo extraídos 12 autos de infração por dirigir sob influência de álcool, sendo que 02 condutores foram presos por apresentar teor alcoólico acima de 0,30 mg/l (miligramas por litro de ar expelido dos pulmões).

Os condutores que foram flagrados dirigindo sob influência de álcool receberão uma multa no valor de R$ 2.934,70, além de terem seu direito de dirigir suspenso pelo prazo de um ano. Os condutores que foram presos, além da multa e da suspensão do direito de dirigir ainda responderão um processo criminal podendo ser condenados a pena de detenção de 6 meses a 3 anos.

Na sexta-feira (29) a PRF realizou uma Operação com a Cettrans, PRE e Guarda Municipal de Cascavel no Trevo Cataratas. A fiscalização faz parte da Operação Rodovida 2017/2018 e tinha como objetivo principal a fiscalização de condutores etilizados e demais infrações que comprometem a segurança das vias públicas.

Fiscalização de excesso de velocidade

Em todos os 04 dias da Operação ocorreu também a operação de radares nas rodovias, sendo que 942 veículos flagrados acima do limite de velocidade.

Os condutores que foram flagrados acima do limite máximo de velocidade permitido receberão uma multa que pode variar de R$ 130,16 a R$880,41, dependendo do excesso de velocidade constatado. Nos casos mais graves, além da multa o condutor ainda terá o seu direito de dirigir suspenso pelo período de 02 a 08 meses.

Ainda houve 67 condutores autuados por realizar ultrapassagem indevida, 86 autuações por não utilização do cinto do segurança, sendo que 11 envolviam crianças ou bebês.

Com informações PRF

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail.

Copyright © 2017 O Presente, powered by Wordpress.

Para o alto!